VIRTUAL SCORES Ricardo Boppré

Loja virtual com mais de 6.500 partituras em formato .jpeg e Encore

Olá, visitante Acessar
Carrinho de Compras 0 item(ns) - R$ 0,00 Ver
Esqueceu sua senha?
   

Depoimentos

Manter um bom relacionamento com os clientes é fundamental para o sucesso de uma empresa. Confira o que eles pensam sobre os serviços que oferecemos.


  No momento, não encontro outra palavra pra sintetizar as maravilhosas composições do Ricardo. Não o conheço a tanto tempo, mas já o admiro como mestre! É impressionante a intensidade e o volume (numérico mesmo) de lindas peças que ele compõe... Ao mestre, parabéns pelo grande trabalho que desenvolve, emocionando e inspirando a vida de muitos.

Juan Fernandes
Violonista de Pitangueiras, São Paulo


o Projeto Virtual Scores do Ricardo Boppré, é fruto de seus mais de 40 anos de experiência como compositor musical, e mais de 10 anos de dedicação ao estudo de partituras em conteúdo digital através do Encore.

Sua paixão pela música e o perfeccionismo  com que procura disponibilizar seu material e atender seus clientes no portal são exemplo para nossa equipe, e desejamos continuar nesta parceria, para que este novo projeto que é sequencia do rboppremusicalcollection sucesso desde 2009, continue a contribuir com a carreira de músicos profissionais e aos estudos de futuros profissionais da música.

Ação Direta Web Studio


Quando meu primo Ricardo solicitou-me um depoimento àcerca de suas obras, no seu site, Ricardo Boppré Musical Collection , veio-me à mente Honoré de Balzac, motivada pela foto que acabo de rever do grande escritor francês.
Bem, o que os dois têm em comum?
Um literato e o outro compositor?

No entanto, devo confessar que não sou crítica de música e pouco entendo dela e de estilos musicais, sei que não sou a pessoa mais indicada para tal. Entrementes, sei do que gosto de ouvir (sei do que gosto de tocar no piano, muito mal, confesso, nem meu cão agüenta), mas meu ouvido é privilegiado – ele sabe quando as notas são ‘redondas’ e não caem como pedras.

Esclarecida esta verdade, continuo com minhas lembranças àcerca de Balzac e Ricardo. O que eles têm em comum, repito: Muito. Em primeiro lugar o talento e uma dedicação extrema do que gostam de fazer e a falta de condições financeiras para o impossible dream.
Com diferença, porquanto Ricardo, teve que trabalhar quase três décadas no funcionalismo público para, como bom esposo e pai,
prover a famíla.

Já Balzac vivia de sonhos e dívidas, como sabemos, mas trabalhava como um lunático, mesmo faminto. Tomando litros e litros de café.
Na obra do norte-americano, Thomas, Henry Living, Biographies of Famous Novelists, a questão dos desenhos dos pratos balzaquianos  prediletos, é confirmada, anota ele que at dinner he e drew a circle on the table. Inside circlulo the names of more exotic dishes. The mouth empty, but tears of happiness welled up in her eyes. (conservamos o original para não perder o real sentido- trad.: na hora do jantar ele desenhava sobre a mesa um círculo. Dentro do circlulo o nome dos pratos mais exóticos. A boca vazia, mas lágrimas de felicidade brotavam de seus olhos)
Quantas dificuldades durante a maior parte de sua vida. Até a Academia Francesa “bateu-lhe com a porta na cara”, recebendo conselho de um dos acadêmicos pra que se dedicasse a outros afazeres...pois “para escritor não dava” (!)
Contudo, quem tem talento e disciplina, tem ao seu lado a certeza do reconhecimento. Breve ou não.
Todo o antecedente é para ilustrar que Ricardo Boppré, numa generosidade ímpar, disponibiliza um grande acervo de partituras musicais, pagas e gratuitas, para download, num estilo variado, curioso e audacioso, que resulta num trânsito livre entre as mais diversificadas sonoridades, partindo desde o período renascentista... ao atual.

Não sou crítica musical, reafirmo, mas ouvindo também, as suas composições incluídas também no Youtube, dedicadas com carinho aos amigos e parentes, fico eternecida com a inserção de imagens nos mesmos porque percebe-se a perfeita união de sua família.
Os ritmos diversificados não constituem dificuldade para esse compositor que vi crescer cantando, sorrindo e... sonhando.
Precisava trabalhar e eis que ‘livre do horário’, ao lado de uma família especial, morando numa Tebaida propícia aos seus enlevos, Ricardo deve-se considerar um homem privilegiado

Do sonho à realidade foi um longo caminho, meu primo, mas você conseguiu. Os Boppré sentem orgulho em tê-lo no seio da grande família. Felicidades e sucesso, é o meu desejo.
Com carinho da prima que o admira.

Maria Regina Boppré